menu

Microscopia de Luz Polarizada: o exame que ajuda a identificar anomalias capilares

01/12/2018 - Por: Redação JakBell

A microscopia de luz polarizada é um dos exames mais completos que existem atualmente no mercado, fundamental para avaliar a saúde do cabelo de cada indivíduo. A partir de um microscópio preciso, o tricologista é capaz de entender e identificar todo o quadro clínico de uma pessoa que esteja sofrendo de queda de cabelo.

O exame também é capaz de determinar as causas de diversos problemas, que podem ter sua origem na genética, servindo para avaliar a qualidade do organismo capilar, identificando a presença de incidências que levam à queda, como o estresse, funcionamento digestivo, alterações psicofísicas e até mesmo físicas do organismo. Todas essas informações são amplamente contempladas dentro da microscopia de luz polarizada.

O que o exame irá investigar?

A microscopia de luz polarizada irá investigar se a queda de cabelo está relacionada a problemas digestivos, estresse, hormonal, químicos etc. Ela irá identificar quais são as fases em que o fio se encontra, podendo ser: anágena, catágena, telógena ou exógena. Considera-se que uma certa porcentagem do cabelo ainda deve se encontrar na fase anágena, que é a fase de crescimento e que contempla um período mais extenso.

Vale lembrar também que a microscopia não elimina a necessidade de outros exames, como o de sangue por exemplo. O trabalho precisa ser feito em conjunto com outros profissionais de saúde para que a melhora seja completa.

Alterações capilares.

[SAIBA MAIS] Alopecia areata: entenda suas causas, sintomas e tratamentos 

O que é fase anágena, catágena, telógena e exógena?

Anágena (Fase de Crescimento): É compreendida como a fase de crescimento do cabelo. Normalmente possui uma duração de 2 a 7 anos e atua como determinante para o comprimento do fio.

Telógena (Fase de Repouso): É considerada a fase de repouso do cabelo (papila capilar), com uma duração de aproximadamente 3 meses no couro cabeludo. Os fios que se encontram nessa fase são aqueles que caem naturalmente a um toque mais leve, que aparecem na escova ao pentear as madeixas etc. A quantidade exata dos fios que estão nessa fase é um pouco imprecisa, pois existe uma grande variação.

As fases do cabelo.

Catágena (Fase de Transição): Na fase catágena, o fio de cabelo desprende-se da papila capilar, porém não do couro cabeludo. Observando de maneira externa, seria como se o fio ainda estivesse em crescimento, mas na verdade ele apenas torna a raiz mais aparente. Essa fase também é conhecida como a fase de transição, que pode durar em torno de 2 semanas.

Exógena (Nova Fase de Pelo): É caracterizada como sendo o período final da fase telógena, quando o pelo mais antigo cai e é iniciado um novo ciclo de crescimento. Normalmente cerca de 50 a 150 fios caem por dia, o que classifica um ciclo natural de renovação do cabelo.

O que é o microscópio de luz polarizada?

O microscópio de luz polarizada é um grande apoio para os profissionais tricologistas de modo geral. Ele contribui para o diagnóstico de diversos quadros patológicos congênitos que a pessoa possa ter, e que afetam diretamente a saúde do cabelo. Sua técnica caracteriza-se por ondas luminosas que possuem a mesma direção de vibração, e que através de seu dispositivo, são desviadas, induzindo o plano de vibração (rotação óptica de luz) para uma perspectiva diferente, com imagens de cores distintas que são geradas pelo retardo da onda de luz.

Então, a partir deste processo, todas as etapas e estruturas do ciclo capilar são investigadas, e informações valiosas do bulbo (anomalias) podem ser diagnosticadas da maneira correta. Com a indicação das cores, o bulbo capilar torna-se aparente, facilitando a análise da espessura da fibra, além das causas advindas de degenerações físicas, psicológicas, problemas intestinais etc.

Tricoscopia: o exame que ajuda a identificar a origem da queda de cabelo

Como o exame é feito?

A microscopia de luz polarizada funciona a partir da retirada de uma pequena quantidade de fios do couro cabeludo da pessoa, um processo sem qualquer tipo de dor ou desconforto. Após isso, o tricologista anexa a amostra junto ao microscópio para uma avaliação minuciosa do bulbo capilar e da qualidade do fio. E, após a avaliação feita, o profissional se torna capaz de indicar o tratamento capilar mais adequado para restabelecer a saúde e a normalidade do cabelo.

Vale lembrar que a microscopia de luz polarizada é de grande ajuda para a descoberta de qualquer tipo de anomalia capilar, podendo ser alopecias, seborreia, problemas causados pelo mau funcionamento do organismo etc. Então, se você suspeita que o seu cabelo não anda muito bem, ele pode ser um bom primeiro passo para começar o seu tratamento.

[SAIBA MAIS] Terapia capilar a laser: conheça tudo sobre este procedimento

Onde fazer?

Se você ficou interessado(a) e gostaria de saber mais sobre a microscopia de luz polarizada, a JakBell e a Tricomed podem lhe ajudar. Se você mora ou se encontra no Rio de Janeiro, o agendamento pode ser feito através dos nossos contatos: (21) 2255-1084 / 2255-2529 / 99876-3086 (WhatsApp), ou se preferir, chame pelas nossas redes sociais (FacebookInstagram) ou pelo site.