menu

Perucas de cabelo natural, sintético ou processado? Qual escolher?

17/08/2018 - Por: Redação JakBell

Finalmente você decidiu entrar no universo capilar (perucas, próteses e apliques), mas quando chega a hora de escolher o modelo, eis que você se depara com uma enorme variedade de tipos de cabelos: processados, naturais, sintéticos. Mas afinal, qual escolher?

Antes de tudo, você precisa verificar a sua necessidade, se prefere algo mais duradouro ou uma peça de pouca longevidade. Para isso, você pode consultar algum profissional da área, que irá identificar o tipo de peruca que se encaixe perfeitamente em você.

Cabelo sintético é bom?

Para começar, precisamos ter em mente que a fibra sintética é feita em laboratório e o seu objetivo é que ela seja usada da forma que foi produzida, ou seja, chapinha, babyliss, entre outros, muitas vezes podem danificar os fios.

Hoje em dia já existem alguns produtos confeccionados a partir da fibra térmica High Heat Fiber (Saiba mais), no entanto, mesmo produtos deste tipo possuem o seu limite e não suportam uma grande quantidade de calor. Se você deseja pintar a peruca sintética, mudar o comprimento ou até alisá-la de vez em quando, pode não ser uma boa opção.

Durabilidade: sintético x natural

Outro fator que deve ser levado em consideração é a durabilidade do produto. Para aqueles que usam a fibra sintética de forma intensa (faça chuva, faça sol), sua duração é de aproximadamente de três a oito meses. Enquanto isso, o cabelo natural pode durar para sempre! Claro, desde que sejam tomados os cuidados necessários para isso.

Vantagens: cabelo natural x sintético

Mas então qual seria a vantagem da fibra sintética? Sem dúvida, o preço! O valor de um cabelo sintético pode variar bastante de um lugar para o outro. Mas é claro, deve-se considerar que cada estabelecimento dispõe de cabelos com tratamentos e qualidades também distintas. Não é porque o cabelo é sintético, que todos devem ser vistos da mesma forma. Por isso, é sempre bom procurar empresas sérias que comercializem uma fibra sintética de qualidade.

Exemplo de uma fibra sintética (Lace Front loiro platinado JakBell) bem cuidada.

Já o cabelo humano, claro, possui infinitas vantagens. Além de serem mais resistentes em relação à química, calor (principalmente os asiáticos e os da região sul brasileira), oferecerem um caimento mais sofisticado e, como o próprio nome diz, mais natural, eles também possuem uma excelente durabilidade. E como já falamos acima, se bem cuidado, pode durar uma vida inteira.

O único ônus em relação a ele, é que devido a todos esses benefícios, uma peruca de cabelo natural pode custar bem mais caro do que uma confecionada a partir de uma fibra sintética. E devemos considerar também que o cabelo humano é de certa forma finito, enquanto o sintético pode ser produzido de acordo com a demanda.

O que é cabelo processado?

Os fios processados são aqueles fios humanos, ou de cabelo natural, que passaram por vários processos químicos (tinta, alisamento, permanente, entre outros.), além de um processo de eliminação da escama externa.

Para facilitar, vamos ilustrar assim: Quando os fios são colocados seja na peruca, prótese ou mesmo aplique, podem acabar se misturando e não sendo colocados na mesma direção ponta-raiz que existe no couro cabeludo. Dessa forma, quando você pentear, sempre irão ficar aqueles fios em pé.

Com os cabelos processados, este problema já não existe. Mas não se engane! O fio processado não é mais natural e sua durabilidade, assim como a possibilidade de mudanças de corte ou pintura, ficam comprometidas.

A escolha do produto ideal vai depender do objetivo de cada um. Combinar a prótese/peruca/aplique com seu visual e estilo de vida é primordial, mas também precisamos analisar as opções de fios que vemos no mercado. O mais importante é se sentir bem. Afinal, cada novo cabelo é um novo começo!