menu

Saiba como fazer a manutenção da sua prótese capilar

06/06/2018 - Por: Redação JakBell

As próteses capilares são acessórios de grande ajuda na hora de disfarçar a calvície masculina ou feminina. Elas são práticas, servem para o dia a dia, mesmo para quem possui um estilo de vida mais agitado e gosta de praticar esportes, além de oferecerem um visual bastante natural para o usuário.

Com a prótese, por exemplo, é possível tomar banho, nadar em uma piscina ou na água do mar, se exercitar, entre outras atividades. No entanto, apesar de terem uma excelente durabilidade, também precisam de um certo cuidado para que o tempo de conservação se torne prolongado. Pensando nisso, iremos tentar compreender um pouco mais sobre os cuidados necessários para uma prótese capilar. Saber como é a manutenção, se é possível mudar a cor do fio, alisar etc.

Se estiver muito tempo na minha cabeça a prótese pode me fazer algum mal?

Bem, se você estiver utilizando a prótese dentro do prazo estipulado, mais ou menos entre o período de 15 a 20 dias, as chances são grande de isso não acontecer. No entanto, ainda existem casos de alergia, mesmo com a manutenção periódica, porém costumam ser raros. Na Jakbell, por exemplo, o cliente sempre realiza um teste com a fita adesiva para poder evitar situações deste tipo. Irritações na pele ou até fungos podem sim aparecer com mais frequência se o usurário não respeitar o tempo de manutenção e higiene do acessório. É bom também considerar o tipo de material usado na hora de colar a prótese sobre couro cabeludo e, claro, sempre esperar o tempo de efeito dos produtos (removedores) na hora de retirar a peça para não causar feridas na cabeça.

Importante também, no momento da manutenção, usar os produtos adequados para minimizar os problemas. Uma ótima dica é aplicar uma pomada de óleo de bacalhau para peles irritadas, assim como o uso de shampoos à base de argila ou menta. Ambos são uma opção.

Na Jakbell, por exemplo, é comum o uso de produtos seguros para a pele da pessoa, mas existem diferentes tipos de sensibilidade de pele. Por isso, é recomendado que o usuário faça um teste para prevenir a irritação.

Faça assim: coloque uma pequena quantidade de cola/fita/removedor em uma área de pele sensível (parte interior do braço, atrás da orelha ou no couro cabeludo se possível). Após isso, aplique um band-aid sobre o produto e durma com ele.

Na manhã seguinte, remova o band-aid e verifique qualquer reação. Se houver alguma vermelhidão ou irritação, descarte-o imediatamente. Além disso, verifique se a fita não se soltou da área aplicada. Isso costuma ser raro, mas alguns produtos não aderem à pele de certas pessoas .

E se você tiver alguma ferida ou fungo no couro cabeludo, é ideal antes consultar um profissional dermatológico ou um tricologista para entender um pouco mais sobre o assunto. Em casos assim, é preciso tratar o problema bem antes de colocar a prótese. Mas se o seu problema for psoríase capilar, que é uma doença autoimune e sem cura ainda, é bom ficar longe das próteses capilares, pois poderá agravar o seu quadro.

Como fazer a manutenção da prótese?

Primeiramente não se deve retirar a prótese todos os dias. Os adesivos e colas utilizados no momento da aplicação da mesma, normalmente costumam durar por mais ou menos 15 dias, a depender do tipo de material usado na base da peça, adesivo ou cola. Ao término do prazo de utilização contínuo, a prótese precisa ser retirada para a higienização da peça e também do couro cabeludo, podendo ser recolocada logo em seguida. Você também pode realizar o processo em um lugar especializado (saiba onde).

1 – A lavagem da prótese preferencialmente deve ser feita com shampoos e loções que sejam neutros e com química bem suave. Os produtos sem sal também são uma boa opção. Evite colocar fórmulas pesadas no cabelo, principalmente as que contenham álcool em sua composição.

2 – Existem próteses com fios que podem ser do tipo que tenham nós (atados), inseridos em uma base sem costura. Neste caso, nunca coloque condicionadores e outros cremes na parte da base, pois isso pode enfraquecer os nós e soltá-los.

3 – Sem afetar diretamente a base da peça, faça uma aplicação de óleos de hidratação ao longo dos fios. Você pode fazer isso todos os dias se preferir.

4 – Uma ótima dica é sempre lavar a prótese após entrar na água da piscina ou da praia, ou também após se exercitar. O sal ou o suor em excesso a longo prazo podem danificar os fios. Fique atento a isso.

5 – Na hora da lavagem faça movimentos de massagem, delicados, começando na parte de cima e se direcionando para baixo. Não precisa esfregar para que ela se mantenha limpa. Seja delicado com a sua peça.

6 – Ao pentear a prótese, faça isso com cuidado, manuseie-a com movimentos suaves, tente evitar que os fios se soltem da base ou se quebrem. Você pode utilizar uma escova própria para isso.

Os fios da prótese capilar podem ser pintados ou alisados?

Cuidados com a prótese capilar

Vamos dizer que a realização de alguns processos dependem do tipo de material envolvido na fabricação da prótese. Neste caso, temos as próteses de cabelo natural ou processado.

A prótese de cabelo processado, mesmo sendo um cabelo humano, normalmente possui uma qualidade no fio inferior ao cabelo natural, pois em sua composição, exite um tipo de química que é qualificada como um ácido que faz retirar todas as escamas naturais do cabelo, deixando-o muito mais frágil, pois os nutrientes não são absorvidos em sua totalidade. Portanto, é bom evitar o uso de químicas mais fortes ou produtos que contenham álcool em sua composição, além, é claro, de manter o produto longe do calor excessivo como qualquer outro tipo de cabelo. Ao usar secadores, mantenha uma certa distância do cabelo e fique atento quanto à temperatura dos alisadores.

A prótese de cabelo natural já é um pouco mais resistente, porém também requer um certo cuidado. Cabelos desse tipo podem ser: com fios de cabelo natural, porém afetados com alguma química externa, principalmente os vindos do oriente, que costumam apresentar colorações, permanentes ou relaxamentos em sua composição; e os cabelos virgens, que não possuem nada disso em sua estrutura, e o cabelo chega praticamente intacto.

Mas em geral, o cabelo natural é melhor adepto ao calor, você até pode usar secadores, porém deixe-os longe da raiz e de preferência sem tanta potência. Outros aparelhos de alisamento também são permitidos, mas tenha o mesmo cuidado de não exagerar ou colocar muita força. Sobre tingir uma prótese de cabelo natural, de preferência, faça isso em um local especializado, pois as chances de danificar os fios ou a cor da base no processo podem ser grandes.

É caro fazer a manutenção de uma prótese?

Você tem a opção de poder adquirir os produtos necessários, como removedores, colas e protetores de pele para poder realizar isso na sua própria casa (saiba onde). Esses produtos podem variar entre R$ 30,00 a R$ 200,00, e você poderá fazer uso deles durante alguns meses. Mas se quiser realizar em um local especializado, o custo de todo o processo pode ficar por volta de uns R$ 150,00 mais ou menos, o que inclui mão de obra e os produtos utilizados no ato.

Manutenção e terapia capilar

Você sabia que também existe a possibilidade de conciliar a manutenção da prótese com uma sessão de terapia capilar? Neste tipo de procedimento são realizados tratamentos que diminuem e evitam alergias, feridas e fungos na cabeça. Durante a terapia capilar, o vapor de ozônio (ozonioterapia) ajuda na eliminação da infecção microbiana do couro cabeludo, e ainda cuida dos fios restantes do cabelo. Dessa forma, inclusive, em casos de calvície parcial, consegue ajudar a manter os cabelos que ainda não caíram.

Agora que você já conheceu tudo sobre o mundo das próteses capilares e já está especialista no assunto, certamente ficou muito mais fácil entender como elas funcionam e a sua importância para a melhora da autoestima na vida de uma pessoa que esteja sofrendo de queda de cabelo. Mas se ainda quiser adentrar um pouco mais por esse mundo, ou até mesmo comprar uma, ou informações sobre manutenção, entre em contato com a Jakbell através dos telefones (21) 2255-1084 / 2255-2529 / 99876-3086 (WhatsApp), ou se preferir, faça contato pelo chat do nosso site.