menu

Diagnóstico Capilar

A tricoscopia e o diagnóstico do cabelo

A Tricoscopia digital é um exame feito no couro cabeludo, sendo de extrema importância para programação terapêutica e monitoramento do tratamento capilar. Ela nos ajuda a ter uma abordagem eficaz e segura para que seja feito o diagnóstico correto de cada pessoa.

Como funciona o exame de tricoscopia ou dermatoscopia?

Ele é feito utilizando um dermatoscópio/tricoscópio, que é um tipo de câmera de alta resolução que permite a observação minuciosa da área investigada. O dermatoscópio é acoplado ao couro cabeludo, não causando nenhum tipo de dor nem desconforto ao cliente. E, dessa forma, conseguimos capturar as imagens que são enviadas para um programa de computador.

Então, a partir dessas imagens, o tricologista observa diversos parâmetros e condições que o ajudarão no diagnóstico correto e o planejamento do tratamento. Com isso podemos observar as condições do couro cabeludo, verificando se ele se encontra muito seco ou oleoso, ou se possui algum tipo de descamação ou inflamação. É observada também a densidade do fio do cabelo, a quantidade de fios por centímetro quadrado, espessura capilar, se o cabelo se encontra no processo de calvície etc.

Os benefícios da tricoscopia

A tricoscopia nos permite identificar a condição do poro do folículo piloso. Com ela, diagnosticamos, de forma precoce, problemas capilares que geralmente surgem através de fios quebradiços, elásticos, desnutridos, ou até partindo para doenças mais sérias no couro cabeludo como dermatites seborreicas, psoríase, caspa, alopecia fibrosante, lúpus, alopecia areata, além de detectar quedas crônicas dos fios (eflúvio telógeno) e calvície masculina e feminina.

As imagens são armazenadas e usadas periodicamente como comparativo nas próximas sessões, dando ao paciente o panorama completo de quanto o tricologista consegue acompanhar a eficácia do tratamento para a queda de cabelo.

Microscopia de luz polarizada

A microscopia de luz polarizada é um dos exames mais completos que existem atualmente no mercado, fundamental para avaliar a saúde do cabelo de cada indivíduo. A partir de um microscópio preciso, o tricologista é capaz de entender e identificar todo o quadro clínico de uma pessoa que esteja sofrendo de queda de cabelo. Ele é capaz avaliar a qualidade do organismo capilar, identificando a presença de incidências que levam à queda, como o estresse, funcionamento digestivo, alterações psicofísicas e até mesmo físicas do organismo. Todas essas informações são amplamente contempladas dentro da microscopia de luz polarizada.

Epigenética

Sabe-se que até 98% da expressão do gene pode ser pautada pelos desafios ambientais e estilo de vida. O exame de epigenética nos dá a informação exata sobre os hábitos alimentares que precisam ser mudados, para o alcance de um melhor potencial do gene, melhorando a qualidade de vida e o crescimento capilar.

Exame de predisposição genética

A avaliação do risco genético para a calvície androgenética serve para identificar indivíduos com predisposição genética à queda capilar para os quais é importante um tratamento preventivo, com a finalidade de evitar o aparecimento da mesma. O teste genético também é importante para minimizar o número de pessoas que podem ser tratadas sem a necessidade real. O teste, juntamente com a visita a um especialista, permite uma avaliação da necessidade da adoção de medidas preventivas e de ações orientadas e eficazes para manter o cabelo forte e saudável.

Tricobiograma

O tricobiograma mede a dosagem de minerais e metais tóxicos, através do fio de cabelo, para avaliar o perfil nutricional, metabólico e tóxico dos pacientes e, com isso, estabelecer o equilíbrio orgânico, trazendo de volta a harmonia para se atingir a melhor saúde capilar.

Microscopia de Luz Polarizada

O exame de Microscopia de Luz Polarizada avalia a qualidade do organismo capilar, identificando a presença de incidências que estejam fazendo o seu cabelo cair.